Horário das Missas


Matriz Paroquial Santa Teresinha
Domingo: 8h, 10h e 18h
2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª: 19h

Dia da Catequese


A Paróquia Santa Teresinha conta com 14 catequistas e 1 coordenadora e acontece aos sábados as 09h.

Palavra do Pároco


Escute aqui a última palavra do Pároco.

“Quando nada acontece, há certamente um milagre que não estamos vendo”, diz Bispo



‘Viva a Mãe de Deus e nossa. Sem pecado concebida. Viva a Virgem Imaculada. Ó, Senhora Aparecida’. Com o desejo de venerar à Padroeira do Brasil, milhares de romeiros da Diocese de Nova Friburgo se dirigiram ao Santuário Nacional de Aparecida, no interior do estado de São Paulo, na sexta-feira (5/5). Os fiéis peregrinaram à casa da Mãe, para juntos participarem da Santa Missa em 6 de maio, presidida pelo Bispo, Dom Edney Gouvêa Mattoso, e concelebrada por diversos presbíteros das Dioceses de Friburgo e Osasco, entre eles o Pe. José Eduardo Oliveira, que lançava o livro: 'Minha Mãe Aparecida".Neste ano, a visita teve um sabor especial, devido à instituição do Ano Nacional Mariano por ocasião do Jubileu dos 300 anos do milagroso encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, nas obscuras águas do Rio Paraíba do Sul. Outra motivação especial, foi a concessão de indulgências aos romeiros que verdadeiramente penitentes e impulsionados pela caridade peregrinassem ao Santuário Nacional, durante este ano jubilar.Devido à distância entre os 19 municípios da Diocese e a cidade de Aparecida, algumas comunidades passaram a noite inteira em viagem. Milhares de fiéis percorreram quilômetros de estrada para chegar ao Santuário. A celebração teve início, às 9h. No começo, o Bispo apresentou duas intenções especiais: os 95 anos de presença das Irmãs Angélicas de São Paulo no Brasil e a memória da Irmã Míria Kolling, que fez sua Páscoa nesta sexta-feira (5/5).Dom Edney iniciou a pregação ressaltando que esta peregrinação, realizada no marco do tricentenário da descoberta da imagem de Nossa Senhora, é um momento particularmente emocionante e feliz. “Viemos para desfrutar da presença de Maria e sua maternal proteção, mas também para rezar com ela e com tantos outros irmãos pelas intenções que trazemos em nosso coração”, disse apresentando ao Senhor o Brasil, diante do atual cenário sócio-político-econômico, e as famílias.

Falando a respeito da devoção a Nossa Senhora, destacou que esta é fonte de uma profunda e comprometida vida cristã com Deus e com o próximo. Utilizando o exemplo de Pedro, que após a experiência com a o Ressuscitado, colocou sua vida a serviço, afirmou que a pessoa agradecida pelos benefícios de Deus não poupa tempo para fazer o bem a todos apesar de suas misérias e limitações.Por ser o Santuário Nacional um local de peregrinação de milhares de romeiros para ali apresentarem suas preces e agradecimentos à Mãe Aparecida, o Epíscopo também reservou uma atenção especial à explicação sobre as orações elevadas ao Pai, por intermédio da Virgem, e da importância de perseverar nas súplicas mesmo diante do silêncio do Senhor.

- O silêncio e as demoras de Deus põem à prova a nossa paciência, porém compreendemos que a paciência esta erguida sobre a fé otimista. A fé que age pelo amor é o alicerce da nossa espera. Deus é um Pai que sempre nos acompanha amorosamente. Quando nada acontece, há certamente um milagre que não estamos vendo. Aqui, neste lugar bendito, o Santuário de Aparecida, vivenciamos uma experiência de graças que nos enamoram de Deus, em Jesus.Finalizando a pregação, o Prelado salientou que a liturgia deste primeiro sábado do mês de maio convida os filhos de Deus à fidelidade e ao amor. E, diante desta afirmação, recordou o exemplo pescadores que em 1717 encontraram a imagem envelhecida da Virgem Aparecida nas água e levaram-na para casa, onde num primitivo oratório, um altar de pau, ofereceram à Mãe de Deus e da humanidade o melhor que possuíam . “Ser fiel é ofertar com amor e esmero o melhor que está ao nosso alcance. E, com os três pescadores, aprendamos a fazer de nossa vida uma obra de arte, cuja maior beleza é a nossa fé”.

Ao final dirigiu uma palavra de esperança e ânimo aos enfermos que acompanhavam a Santa Missa pela Rádio e TV Aparecida, e suplicou. “Nossa Senhora Aparecida, seja a Rainha do nosso coração e do nosso amado Brasil. Interceda por nós agora e na hora da nossa morte. Amém!”. Encerrada a celebração, o Bispo, os Padres e o povo de Deus se reuniram na Tribuna Papa Bento XVI, para juntos rezaram os Ministérios Gozosos do Santo Terço. Coube ao Prelado conduzir a oração do último mistério. Finalizado o Terço, Dom Edney convidou o povo se Consagrar a Nossa Senhora, antes da benção com a imagem de Nossa Aparecida.

Texto: Grasiele Guimarães

Fotos: Grasiele Guimarães e Jorge Ronald

Eventos

FEV
3
AS MIL AVE MARIAS

Entregamos nas santas mãos amorosas de Nossa Senhora Rosa Mística, todas as nossas dificuldades, aflições e intenções. Com o início ás 8h.

FEV
3
VIGÍLIA EUCARÍSTICA

O participante tem a oportunidade de viver uma experiência de profunda intimidade com Jesus Cristo. Dentre elas, momentos de louvor, oração, pregação e adoração. Começando com a Santa Missa ás 20h.

Arquivo

Pensamento do Mês

“A santidade não está nesta ou naquela prática, ela consiste numa disposição do coração que nos torna humildes e pequenos nas mãos de Deus, conscientes de nossa fraqueza, e confiantes até a audácia na sua bondade de Pai”. Santa Teresinha

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À PARÓQUIA SANTA TERESINHA